Câncer Colorretal: descubra quais são os sintomas, diagnóstico e tratamento!

Conheça o tipo de câncer que tem como alvo homens e mulheres que passaram dos 50 anos!

O câncer colorretal é conhecido por afetar, principalmente, a região do intestino grosso. Caracterizado por ser um dos mais diagnosticados em todo o mundo, só no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), essa doença faz cerca de 15 mil vítimas por ano.  Caso você ainda tenha dúvidas, uma ótima dica e ler este conteúdo até o final. Isso porque, falaremos sobre as principais informações relacionadas ao câncer colorretal, como sintomas, diagnóstico e tratamento.

Entenda o que é o câncer de colorretal

O câncer colorretal é uma enfermidade que não faz distinção de gêneros.  Afinal, essa doença pode ser acometida tanto pelos homens quanto pelas mulheres. Basicamente, esse tipo de câncer, que é também o terceiro mais frequente, consiste no aparecimento de tumores que afetam o segmento do intestino grosso.  Tais tumores costumam aparecer, normalmente, a partir dos pólipos, que nada mais são do que lesões benignas que crescem na parede interna no intestino grosso.

Uma boa notícia sobre essa doença, é que na maioria das vezes, quando o seu diagnóstico acontece de forma precoce, o câncer colorretal é tratável e curável.

Além disso, é importante ressaltar que no seu estágio inicial, o câncer colorretal pode começar como pólipos não cancerígenos. O perigo do começo dessa doença é que a principio ela não apresenta muitos sintomas. Já que o processo de transformação de um pólipo em um tumor invasivo pode levar de 7 a 10 anos.

Por isso, é recomendado que homens e mulheres com idade superior a 50 anos procurem estar sempre com os seus exames gerais em dia. Visto que esse perfil é conhecido por ser o mais acometido.  

Contudo, vale ressaltar que há outros fatores de risco que estimulam o aparecimento do câncer colorretal. São eles:  

  • Diabetes e obesidade;
  • Tabagismo e alcoolismo;
  • Doença inflamatória intestinal (DII);
  • Polipose adenomatosa familiar;
  • Síndrome de Lynch.

Veja quais são os principais sintomas!

Mesmo que os sintomas do câncer colorretal demorem até aparecer, é importante saber que os desconfortos causados por essa doença podem ser facilmente percebidos.

Por isso, listamos abaixo os principais sintomas, sendo eles:

  • Alterações do funcionamento intestinal, como constipação ou diarréia sem associação com o alimento ingerido.
  • Anemia, fraqueza, cólica abdominal, emagrecimento.
  • Sangramento pelo reto.
  • Sensação de evacuação incompleta.

Como é feito o diagnóstico de câncer de cólon?

Há basicamente dois exames que podem ajudar no diagnóstico precoce do câncer de colorretal, sendo eles a pesquisa de sangue oculto nas fezes e a colonoscopia. O recomendado é que as pessoas que ultrapassaram os 50 anos de idade façam anualmente a pesquisa de sangue oculto nas fezes, visto que os sintomas dessa doença costumam demorar a aparecer. Agora, caso o resultado dê positivo, o próximo passo será realizar uma colonoscopia.  

Após a colonoscopia ser realizada, o paciente deverá passar por uma bateria de exames com o objetivo de descobrir em qual estágio o tumor se encontra. Diante disso, os principais procedimentos serão exames de ressonância magnética, radiografias, tomografias exames físicos, laboratoriais, entre outros.

Lembre-se, também, que o tratamento para câncer colorretal só poderá ser realizado após identificação do grau da doença.

Tratamento do câncer colorretal

Os tratamentos para cura do câncer colorretal variam de acordo com gravidade da doença. Sendo assim, em casos de menos risco os tumores encontrados no intestino são retirados por meio de uma intervenção cirúrgica.  Agora, em situações maio complexas, nos quais os tumores já avançaram para outros órgãos, o paciente deverá realizar sessões de quimioterapia, que podem durar entre três e seis meses.

Conseguiu acabar com as suas dúvidas sobre o câncer colorretal?

Compartilhe com a gente a sua opinião e fique por dentro do nosso blog!

Compartilhe!

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.